USP
Universidade de São Paulo

Núcleos e Centros de Cultura e Extensão

Muitas das atividades de cultura e extensão do IQ são realizadas por grupos dedicados à pesquisa educacional. Isto contribui com a qualidade das ações de divulgação científica da unidade. Contribui também com o ensino de graduação e com a formação de professores, pesquisadores e divulgadores de ciência.

 

A - Grupo de Pesquisa em Educação Química (GEPEQ - desde 1984).

Coord.: Maria Eunice R. Marcondes.

Se consolidou como grupo pioneiro na formação de professores, educadores, pesquisadores e divulgadores da química. Subsidia com conhecimento e contribui diretamente com políticas públicas como os Parâmetros Curriculares Nacionais e o currículo do Estado de SP para o ensino médio. Atividades:

  1. Produção de material didático (coleção "Interações e Transformações"de livros didáticos para o ensino médio, já adotados no sistema de ensino);

  2. Formação continuada de professores (cursos de difusão e atualização);

  3. Projeto Laboratório Aberto;

  4. Material de divulgação e Vídeos ;

  5. Pesquisa em Ensino de Química

 

B - Grupo de Ensino de Bioquímica (desde 1995).

Coord.: Bayardo B. Torres.

Se consolidou como grupo pioneiro no ensino de bioquímica, tendo estabelecido metodologia de ensino baseada em aprendizagem ativa e colaborativa, produção de softwares educacionais no ensino superior. Foi o precursor dos Cursos de Verão do Depto. De Bioquímica. Atividades:

  1. Desenvolvimento de softwares educacionais

  2. Proposição de cursos de difusão como processo de formação de estudantes de pós-graduação

  3. Pesquisa e desenvolvimento de metodologias colaborativas para o ensino superior de ciências

 

C - Grupo de Pesquisa Desenvolvimento e Aplicação da Tecnologia no Ensino de Química (GPDATEQ – desde 2008).

Coord.: Guilherme A. Marson.

Grupo especializado na criação e implementação de plataformas para edição, publicação e difusão de conteúdos interativos em projetos locais (IQ), da USP e nacionais (SBQ). Os projetos atendem a demandas institucionais, articulando lideranças e construindo novas competências a partir daquelas já instaladas. Atividades:

  1. Desenvolvimento de plataformas tecnológicas para o ensino de divulgação da química (LABIQ, QNint em parceria SBQ, Memória USP em parceria com o Museu de Ciências USP);

  2. Divulgação Científica (projetos Porta Vozes da Química e Química em Ação);

  3. Pesquisa em Ensino e Divulgação da Química.

 

D - Núcleo de Difusão e Educação do CEPID Redoxoma (desde 2013).

Coord.: Carmen Fernandez.

Articula competências de outros grupos estabelecidos nas instituições parceiras em ações de extensão sobre o tema Radicais Livres e saúde. O caráter de longo termo do CEPID faz do núcleo uma plataforma estável para a articulação de cientistas e divulgadores de ciência. Atividades:

  1. Experimentos demonstrativos em eventos institucionais de divulgação científica

  2. Criação de jogos educacionais para o ensino superior

  3. Cursos de difusão para professores do ensino médio

  4. Portal Institucional do projeto Redoxoma