USP
Universidade de São Paulo

Flavia Vischi Winck

Professor Doutor - Departamento de Bioquímica
Laboratório de Biologia de Sistemas, Tel.: +55-11-3091-3820 (escritório) / +55-11-3048-0860 (laboratório)
3091-3820 
 winck@iq.usp.br

Formação Acadêmica

2011-2012 - Pós-doutorado, Universidad de los Andes, Colombia.

2007-2011 - Doutorado em Biologia Molecular, Universidade de Potsdam e Instituto MaxPlanck de Fisiologia Molecular de Plantas, Alemanha.

2005-2007 - Mestrado em Biologia Funcional e Molecular, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil.

2000-2004 - Licenciatura em Ciências Biológicas,  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil.

1996-1998- Técnico em Bioquímica, Escola Técnica Estadual "Conselheiro Antônio Prado", Brasil.

Linha de pesquisa 

Biologia de sistemas para estudos de mecanismos regulatórios em microalgas

Nossa linha de pesquisa está relacionada ao estudo de redes complexas de regulação da expressão gênica de eucariotos usando principalmente a proteômica, integrando ainda a transcriptômica, genômica e bioinformática para compreender como os mecanismos biológicos são controlados transcricionalmente. Em particular, buscamos entender como processos celulares tais como o acúmulo de carbono, fotossíntese e produção de biomassa são regulados em microalgas e visamos identificar quais são os mecanismos celulares que mais contribuem para o controle multi-combinatorial da expressão gênica. Dentro deste contexto, a biologia de sistemas é a abordagem que utilizamos para aprofundar a compreensão da dinâmica global das respostas celulares e para identificar e caracterizar proteínas com potencial função regulatória. Os mecanismos envolvidos com a resposta celular quando tratados sob o ponto de vista da regulação transcricional aparecem como desafiadores, mas também de grande potencial de aplicação na área de biotecnologia e bioprocessos, áreas nas quais a Bioquímica está mais e mais inserida como base para a compreensão dos processos celulares e sua posterior bioengenharia. A compreensão de tais processos nos ajudará a encontrar redes biológicas com potencial para aplicações de biologia sintética. Nosso grupo vem atualmente desenvolvendo trabalhos com estudos de microalgas verdes unicelulares (por exemplo: Chlamydomonas reinhardtii e Chlorella vulgaris); dado que estes organismos apresentam um grande potencial para aplicações na área de biotecnologia, bioenergia e biorremediação do ar e águas, temas atualmente de enorme interesse e preocupação mundial.  

Ficou interessado em nossa pesquisa? 

Curta e acompanhe nossa página no Facebook!

@regulatory.systems.biology

 

Nosso novo livro eletrônico "Avanços na biologia de microalgas e aplicações sustentáveis" está disponível gratuitamente

Dê uma olhada!!

 

• Publicações recentes 

  1. Winck FV, Riaño-Pachón DM and Franco TT (2016). Editorial: Advances in microalgae biology and sustainable applications. Front. Plant Sci. 7:1385. doi: 10.3389/fpls.2016.01385
  2. Winck FV, Paez Melo DO, Riaño-Pachón DM, Martins MCM, Caldana C and González Barrios AF. Analysis of sensitive CO2 pathways and genes related to carbon uptake and accumulation in Chlamydomonas reinhardtii through genomic scale modeling and experimental validation. Front. Plant Sci. 2016; doi: 10.3389/fpls.2016.00043.
  3. Carnielli CM, Winck FV, Paes Leme AF. Functional annotation and biological interpretation of proteomics data. Biochim Biophys Acta. 2015; Jan, 1854(1):46-54. DOI: 10.1016/j.bbapap.2014.10.019. PMID: 25448015.
  4. Omidbakhshfard MA, Winck FV, Arvidsson S, Riaño-Pachón DM and Mueller-Roeber B. A Step‐by‐Step Protocol for Formaldehyde‐Assisted Isolation of Regulatory Elements (FAIRE) from Arabidopsis thaliana. Jounal of Integrative Plant Biology. 2014; 16 MAR 2014, DOI: 10.1111/jipb.12151.
  5. Mettler T, Mühlhaus T, Hemme D, Schöttler MA,Rupprecht J, Idoine A, Veyel D, Kumar Pal S, Yaneva-Roder L, Winck FV, Sommer F, Vosloh D, Seiwert B, Erban A, Burgos A, Arvidsson S, Schlede S, Arnold A, Günther M, Krause U, Lohse M, Kopka J,Nikoloski Z, Mueller-Roeber B, Willmitzer L, Bock R, Schroda M, Stitt M. Systems analysis of the response of photosynthesis, metabolism and growth to an increase in irradiance in the photosynthesis model organism Chlamydomonas reinhardtii. Plant Cell. 2014. pii: tpc.114.124537. PMID:24894045.
  6. Winck FV, Paez Melo DO, González Barrios AF. Carbon acquisition and accumulation in microalgae Chlamydomonas: insights from "omics" approaches. Journal of Proteomics. 2013; 94, 207-218. PMID: 24120529.
  7. Winck FV, Arvidsson S, Riaño-Pachón DM, Hempel S, Koseska A, Nikoloski Z, Rupprecht J, Mueller-Roeber B. Genome-wide identification of regulatory elements and reconstruction of gene regulatory network of the green alga Chlamydomonas reinhardtii under carbon deprivation. PLoS ONE. 2013; 8 (11), e79909. PMID: 24224019.
  8. Winck FV, Riaño-Pachón DM, Sommer F, Rupprecht J, Mueller-Roeber B. The nuclear proteome of the green alga Chlamydomonas reinhardtii. Proteomics. 2012; Jan, 12(1):95-100. PMID:22065562. 

 

   Membros do grupo

 

Estudantes de pós-graduação

 

Laís A. Giraldi                                                                

Linha de pesquisa

Biologia integrativa de sistemas em microalgas com foco na identificação de redes biológicas complexas relacionadas ao acúmulo de lipídeos em espécies de microalgas usando abordagens "ômicas".